3 Comments

  1. 1

    Ana

    E no caso de ter nascido em uma família tóxica e enfrentar problemas na vida adulta decorrentes disso, como proceder?

    Reply
    1. 1.1

      Alguém que ainda não aprendeu a perdoar

      Também queria saber. E mais: e quando ainda se está numa situação tóxica, como se sair dela?

      Reply
  2. 2

    Alguém que ainda não aprendeu a perdoar

    Minha mãe é superprotetora, não me deixa sair de casa despreocupada, tenho que ligar toda hora. Tudo a preocupa. Mas se eu deixar de sair porque ela tem medo, vou deixar de viver. E é isso que sinto: não estou vivendo, apenas sobrevivendo. Eu praticamente não saio sozinha se não for pra ir à faculdade ou palestras. Quando quero passear, algo não relacionado com a faculdade, ppreciso pedir permissão e recebo mil e uma recomendações. Tenho 20 anos, mas minha mãe só lembra disso para me exigir responsabilidade, agora liberdade, não tenho. Meu pai também é assim, acha que minha vida tem que se resumir a estudar. Sou jovem e não tenho vida social. Vejo minhas colegas e meus amigos passeando, e eu só infurnada em casa, debruçada nos livros. Outra questão com a qual me identifique no texto foi “Desejos e inseguranças projetadas”. Quando criança e pre adolescente presenciei muitas brigas dos meus pais e até agressão física do meu pai para com a minha mãe. Ele não presta. Ate hoje só pensa nele. Não acredito em amor de homem e mulher, acho que é exceção. Como vou acreditar que um homem possa me amar se o pprimeiro homem mais próximo a mim só me magoou?

    Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.