2 Comments

  1. 1

    Sergio

    E quando a dor é pela morte de filhos menores vivos, que foram retirados por alienação parental justificada por calúnia e fundamentalismo, e sem a interferência de qualquer ação judicial? Como manter-se em pé?

    Reply
  2. 2

    Marcelo

    Que texto lindo e compreensivo.
    Obrigado.

    Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.