7 Comments

  1. 1

    Paulo

    Vivemos em um mundo em que as pessoas falam com muita propriedade sobre qualquer assunto sem ter um pingo de conhecimento.

    Já tentaram descobrir o que é a alma?

    Já procuraram descobrir em que plano está a alma? Ou em que plano viveria suposto vampiro energético?

    Quando compartilhamos algo que acreditamos porém não sabemos, apenas estamos passando adianta um pensamento de alguma outra pessoa, sem o mínimo de discernimento ou estudo.

    Reply
    1. 1.1

      Diegp

      Aprendi durante a vida que a maior parte da comunicação é não-verbal, dizemos coisas querendo dizer outras. Pensamentos, intenções, etc. E aprendi a respeitar sensações acerca de pessoas. Pessoas que nos passam confiança e pessoas que não passam. Não adianta insistir no que os ouvidos ouvem, mas que nossa mente não se convenceu.

      Reply
  2. 2

    Fabricio

    A energia não pode ser vista mas sentida.

    Reply
  3. 3

    El chapo

    Artigo sem substância… desperdício de leitura… título cativante conteúdo pobre… se pudesse “ ver” a energia do artigo antes de ler… nem me preocupava em abrir!

    Reply
  4. 4

    Rubia

    As energias podem ser vistas, sentidas e tocadas. Desde que vc retire oa óculos cor de rosa e seja uma pessoa com autoconsciência bem desenvolvida e seja auto responsável. Aí vc terá um bom filtro.

    Reply
  5. 5

    Paulo Sérgio

    As respostas que aqui vejo, sinto que há muitos “vampiros” incomodados com a matéria, isto fervilha e eles sabem que as pessoas tomam conhecimentos/sabedoria vão dificultar o trabalho deles, por isso alguns a dizer que é sem snetido a matéria. Saudações de luz a todos.

    Reply
  6. 6

    Kaka

    Eu já passei por isso, tive uma experiência fora do corpo e quando olhei para o lado da cama a pessoa que estava ao meu lado não tinha a aparência física que eu via antes , era todo deformado , coisa mais horrível. Fazem mais de 11 anos, nunca esqueci, parecia um monstro.

    Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.