One Comment

  1. 1

    Adriana

    Eu fico pensando no que eu passei ate meu filho Bruno, hj com 8 anos. Diagnosticado autista leve, hj quem vê diz q não tem nada, mas foi uma viagem dessas todos os dias… fono 3x por semana para ouvir ele falar funcionalmente, T O e psicologa para ajudar no cognitivo e no comportamento… E eu como prof. estimulando, orientando e aprendendo a ser mãe. Ufa… como foi dificil, lidar com choro interminável que às vezes durava um dia, passeios que duravam pouco por que ele não se comportava, não gostava de pessoas nem de barulho….
    Ainda estou aprendendo… Luana sei q é dificil, mas conversa, conversa e conversa…. tudo ficará mais facil…. ser mãe é dificil… e paciência…

    Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.