One Comment

  1. 1

    valverde@valverdeimoveis.com.br

    Direitos iguais para pais separados
    20/05/08 – 23h25

    ATÉ QUANDO JUÍZES E E LEIS PREJUDICANDO PAIS DE BEM , QUERENDO ESTAR COM SEUS FILHOS; NA FORMAÇÃO EDUCAÇÃO.

    A PERDA DE CONVIVÊNCIA COM SEU FILHO, É UM DANO IRREPARÁVEL!!!

    Enviar por e-mail
    Imprimir
    Brasília. A Câmara dos Deputados aprovou ontem um projeto que permite aos pais separados uma nova forma de dividir a responsabilidade pela educação dos filhos – a guarda compartilhada. A proposta, que agora vai para sanção presidencial, permite que pai e mãe assumam de forma igualitária a responsabilidade, as tarefas e a manutenção dos filhos.

    Pelo projeto, o juiz deve mostrar aos pais as vantagens da guarda compartilhada e, quando possível, determiná-la. Mas o sistema não será obrigatório. “Sempre vai prevalecer o que é melhor para a criança”, afirmou Gustavo Nicolau, professor de direito civil da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP).

    Bom senso. Mesmo sem ser definida por lei, a guarda compartilhada já é adotada por alguns juízes no país, mas de forma bastante tímida. “A maioria esmagadora continua sendo a guarda exclusiva, concedida principalmente para as mães”, diz Nicolau. Pelo novo sistema, a criança pode passar parte dos dias da semana na casa do pai e o restante, na casa da mãe, de acordo com a decisão do juiz.

    Reply

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.